Fiat confirma interesse na Opel

SÃO PAULO, 29 de maio de 2009 - A montadora italiana Fiat reiterou hoje o interesse na compra do grupo Opel, mas anunciou que não participará nas reuniões organizadas pelo governo alemão e que não é razoável pedir ao grupo que ofereça mais do que já propôs pela negociação.

"Já oferecemos aportar nossas atividades automobilísticas à fusão em uma base livre de dívidas e, portanto, proporcionar ativos substanciais e absolutamente necessários à fusão", afirmou o presidente da montadora italiana, Sergio Marchionne.

"A Fiat propôs ainda um fluxo de liquidez que ajudará a estabilizar os resultados das entidades combinadas durante a integração e o processo de reestruturação", completou.

"Não se pode pedir mais", disse.O grupo italiano decidiu não participar nas reuniões que o governo alemão quer organizar em Berlim nesta sexta-feira para debater o apoio financeiro de emergência a Opel, mas reiterou o interesse em chegar a um acordo com a americana General Motors, proprietária da Opel.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)