Crédito a setor privado da zona do euro tem menor alta histórica

REUTERS

FRANKFURT - Os empréstimos para o empresariado e para as famílias na zona do euro aumentaram em abril no ritmo mais lento já registrado, informou o Banco Central Europeu (BCE) nesta sexta-feira.

A taxa de crescimento anual de empréstimos ao setor privado desacelerou para 2,4% em abril, ante 3,2% em março, no menor nível desde o início da série histórica em 1992.

Economistas consultados pela Reuters esperavam crescimento de 2,8%.

O BCE divulgou que os empréstimos para empresas aumentaram 5,2% em abril, ante 6,3% em março, enquanto os empréstimos para as famílias subiram apenas 0,1% na comparação anual, frente 0,4% em março.