Tesouro vende 93,1% da oferta de títulos públicos em leilão

REUTERS

BRASÍLIA - O Tesouro Nacional vendeu 93,1% da oferta inicial de 4,45 milhões de títulos públicos que ofertou em leilão nesta quinta-feira. A operação somou o equivalente a R$ 4,568 bilhões e a liquidação acontece na sexta-feira.

No caso das LTN, foram colocados todos os 150 mil papéis com vencimento em outubro de 2009, a taxas máxima e média de 9,3090% (PU 969.738199); e todos os 3 milhões de títulos a vencer em janeiro de 2011, com taxa máxima de 9,9180% (PU 860.297000) e média de 9,9014% (PU 860.503690). Como o lote foi vendido integralmente, o Tesouro realizará uma segunda volta, das 15h às 16h, com oferta de 20% do volume de cada um dos vencimentos.

Na oferta de NTN-F, o mercado absorveu 340.600 papéis para janeiro de 2013, com taxa máxima de 11,65% (PU 995.218798) e média de 11,6269% (PU 995.830815); e 353.100 títulos a vencer em janeiro de 2017, à taxa máxima de 12,108% (PU 942.042000) e média de 12,0747% (PU 943.489839).

O Tesouro também vendeu todas as 300 mil LFT com prazo para março de 2015, ao par. Também neste, como houve colocação integral da oferta, haverá segunda volta, com 5% do volume inicial. Não foram aceitas propostas para as LFT a vencer em março de 2013.