Superávit primário do setor público cai a R$12,5 bi em abril

Isabel Versiani, REUTERS

DA REDAÇÃO - O setor público consolidado brasileiro registrou superávit primário de 12,494 bilhões de reais em abril, em linha com o esperado pelo mercado. O resultado, contudo, representou uma queda em relação ao superávit de 18,712 bilhões de reais registrado no mesmo período de 2008, informou o Banco Central nesta quinta-feira.

Analistas projetavam superávit de 12,5 bilhões de reais no mês passado, segundo mediana das estimativas colhidas pela Reuters.

O vencimento de juros em abril somou 12,182 bilhões de reais e, com isso, o país teve um superávit nominal de 313 milhões de reais.

No ano, o superávit primário acumulado foi de 33,4 bilhões de reais, frente a 61,7 bilhões de reais no mesmo período de 2008. "Essa redução reflete a queda da arrecadação observada no período, em decorrência dos efeitos da crise internacional sobre o desempenho da atividade econômica", afirmou o BC em nota.

Em 12 meses encerrados em abril, o superávit primário foi equivalente a 3,06 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ante 3,29 por cento do PIB em 12 meses até março.

O BC informou ainda que a dívida líquida total do setor público aumentou para 38,4 por cento do PIB em abril, frente a 37,6 por cento do PIB em março.