Lacroix declara suspensão de pagamentos

Agência AFP

PARIS - A empresa de alta costura Christian Lacroix, de propriedade do grupo americano Falic, declarou a suspensão de pagamentos, afetada pela crise financeira mundial que abala o segmento de luxo.

Lacroix afirma em um comunicado ter apresentado a um tribunal de comércio de Paris uma declaração de suspensão de pagamentos.

- A empresa vai propor um plano de continuidade ao tribunal de comércio e pretende manter suas atividades durante o período - acrescenta a nota.

Segundo um porta-voz da companhia, o tribunal deve se pronunciar dentro de uma semana.

Depois que a Falic comprou a marca Christian Lacroix do conglomerado francês Louis Vuitton Moët Hennessy (LVMH) em 2005, a empresa iniciou um ambicioso plano a longo prazo de reposicionamento da marca no mercado de pret-a-porter de luxo.

Mas a estratégia foi abalada em cheio pelas consequências da crise financeira mundial, que afeta de modo significativo o segmento de luxo.