Chrysler retoma debates no tribunal de quebras

Agência AFP

NOVA YORK - Os debates sobre a sorte do construtor de automóveis americano Chrysler foram retomados nesta quinta-feira no tribunal de quebras de Nova York, onde a justiça deve ditar um plano de resgate do grupo.

A audiência, iniciada quarta-feira, foi retomada às 14h GMT (11h de Brasília), com as últimas testemunhas previstas, entre elas o presidente da Chrysler Bob Nardelli.

O juiz encarregado de determinar o procedimento de reestruturação ditada por Washington, Arthur Gonzalez, não tomou nenhuma decisão quarta-feira, depois de ouvir as partes que se consideram prejudicadas pelo plano de reestruturação e anunciou que os procedimentos podem ir até sexta-feira.

A audiência foi aberta em um contexto dramático para a indústria automotiva americana, com a quebra anunciada horas antes de dois grandes fabricantes de autopeças, Visteon e Metaldyne, enquanto o número um americano do automóvel General Motors se aproxima cada vez mais de uma declaração de quebra.