Carteira da Mercedes-Benz soma R$ 5 bi em abril

SÃO PAULO, 26 de maio de 2009 - O banco Mercedes-Benz anunciou hoje que sua carteira somou R$ 5 bilhões em abril deste ano, com incremento de 32% na comparação com o mesmo período do ano passado. Deste total, o Finame representa 65%, o Leasing 30% e o CDC (Crédito Direto ao Consumidor) 5%. Em novos negócios, o aumento foi de 36%, passando de R$ 183,4 milhões no quarto mês de 2008 para R$ 249 milhões em abril de 2009. A participação do banco nas vendas da marca fechou o mês em 34,1%. Em abril do ano passado, o Banco foi responsável pela comercialização de 17,8% dos veículos da marca.

No acumulado de janeiro a abril deste ano, o aumento em novos negócios foi de 40%. Foram financiados R$ 933,6 milhões nos primeiros quatro meses de 2009 ante R$ 664,8 milhões no primeiro quadrimestre do ano passado. Com este resultado, a participação do Banco nas vendas da Mercedes-Benz foi de 36%.

O Finame apresentou crescimento de 62% no período, com a negociação de R$ 685,1 milhões, contra R$ 422,9 milhões nos primeiros quatro meses do ano passado. O CDC registrou acréscimo de 37%, saltando de R$ 39,8 milhões para R$ 54,4 milhões. Já o Leasing teve retração de 4%. No primeiro quadrimestre de 2008, foram liberados R$ 202,1 milhões pelo Leasing contra R$ 194,1 milhões de janeiro a abril deste ano.

"Mesmo com a retração no mercado brasileiro de veículos comerciais, que deve fechar o ano com um desempenho um pouco acima do obtido em 2007 quando foram comercializadas cerca de 124 mil unidades, o Banco Mercedes-Benz vem registrando resultados bastante positivos", avaliou o diretor Comercial e de Marketing do Banco Mercedes-Benz, José Francisco Ribeiro.

Segundo ele, o desempenho positivo é consequência da ampliação da participação da instituição nas vendas da marca. "Isso comprova a importância dos bancos de montadora nos momentos de turbulências", destacou.

(Redação - InvestNews)