Apesar de lucro, Virgin Atlantic prevê prejuízos em 2009

Portal Terra

SÃO PAULO - Mesmo após dobrar seu lucro, a Virgin Atlantic, segunda maior companhia aérea britânica de vôos transatlânticos, informou nesta terça-feira que espera prejuízos para 2009.

O lucro bruto da empresa chegou a 68,4 milhões de libras (cerca de 78 milhões de euros) durante o último ano fiscal - quase o dobro do obtido no mesmo período do ano anterior, quando chegou a 34,8 milhões de libras.

O chefe-executivo da empresa, Steve Ridgeway, afirmou que a redução do número de passageiros ao redor do mundo mostrou sinais de fraqueza, tornando "quase impossível" que as aéreas lucrem neste ano.

- Nunca vimos condições tão duras como essas, e não vemos qualquer sinal de recuperação - disse Ridgeway.

A companhia aérea do magnata Richard Branson obteve esses resultados graças ao aumento dos passageiros da classe premium, apesar dos elevados preços do combustível e da recessão econômica.

Os resultados contrastam com os da sua rival British Airways, que na semana passada informou que teve um prejuízo líquido atribuído de 358 milhões de libras (400 milhões de euros), devido à alta do preço dos combustíveis e à queda de passageiros de classe premium.

Com Reuters.