Toyota terá menor produção em 7 anos

SÃO PAULO, 13 de maio de 2009 - A Toyota, maior montadora de veículos do mundo, anunciou nesta quarta-feira que irá cortar a produção de automóveis em 28%, menor nível em 7 anos. Testemunha de uma queda dramática nas vendas globais, a empresa espera produzir 6,68 milhões de unidades em 2009, contra 9,24 milhões do ano anterior.

"Esperamos que as condições severas se mantenham este ano", disse o porta voz da companhia, Ryoko Nishinohara. A japonesa anunciou na semana passada a primeira perda anual em 71 anos, com prejuízo líquido de 439,9 bilhões de ienes (US$ 4,4 bilhões). A empresa prevê uma perda líquida de 550 bilhões de ienes (US$ 5,5 bilhões) para o exercício atual, que se iniciou em 1 de abril.

No ano anterior, a companhia havia registrado lucro de 1,72 trilhão de ienes, enquanto as vendas diminuíram 21,9% no ano anterior, para 20,53 trilhões de ienes. As ações da Toyota Motor encerraram a sessão na bolsa de Tóquio com desvalorização de 2,14%, negociadas a 3.660 ienes.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)