Espera por mudanças na poupança reduz projeções

SÃO PAULO, 13 de maio de 2009 - O mercado de juros futuro opera com leve queda das projeções diante da expectativa do mercado em relação a mudanças no rendimento da caderneta de poupança e para os fundos de renda. Entre as mudanças esperadas está a cobrança do imposto de renda sobre as cadernetas de poupança com valor de R$ 50 mil a partir de 2010.

Na BM&FBovespa o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2010 apontava taxa anual de 9,39%, ante 9,41% do ajuste anterior. Janeiro de 2011 projetava juro de 10,03%, ante 10,05% do ajuste passado. A possível alteração no rendimento da poupança reforça as apostas de queda o colegiado do Banco Central (BC) continuará reduzindo a taxa Selic, fixada em 10,25% ao ano, nos próximos meses.

Os movimentos de realização de lucro pressionam os mercados mundiais nesta quarta-feira. A queda nas vendas ao varejo dos Estados Unidos, contrariando as projeções, assim como o crescimento abaixo do esperado da China, dá suporte ao movimento.

(Maria de Lourdes Chagas - InvestNews)