Lula diz que alguns empresários tiram proveito da crise

Portal Terra

SÃO PAULO - Durante inauguração de uma unidade de refinaria em Paulínia, no interior de São Paulo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou alguns empresários que tentam tirar proveito da crise global, citando como exemplo a indústria automobilística. Lula ainda indicou que o resultado da economia brasileira no primeiro trimestre continua fraco.

- Temos um problema no primeiro trimestre deste ano e no último do ano passado. Tem gente que tenta tirar proveito da crise. Havia 300 mil automóveis estocados no país, mas as empresas optaram em parar a produção e vender o estoque. Quando fizemos a isenção do IPI a indústria voltou a produzir e o brasileiro teve que entrar na fila para comprar um carro. Em vez de produzir, fizeram a opção de desovar o estoque, e assim vale para várias cadeias produtivas no país. Por isso, tivemos um primeiro trimestre muito delicado - disse.

- Tenho chamado atenção dos empresários para prestarem atenção em uma coisa: é uma crise em que temos que provar quem é ousado e vai fazer as coisas na hora certa. Não é para ficar lamentando. Em qualquer atividade tem momentos de pico para cima e para baixo. Quando acabar a crise não podemos começar do zero a fazer as coisas - completou.

Lula lembrou ainda da final da Copa do Mundo de 1958, quando Didi colocou a bola debaixo do braço e andou calmamente até o centro do campo logo após o gol da Suécia, que abriu o placar. - O Brasil tem que fazer isso, a lição de casa. Não vamos falhar - disse o presidente, depois de lembrar que a Seleção virou o jogo e venceu por 5 a 2.

O presidente apontou ainda que diversos setores da economia nacional apresentam sinais de melhora e prometem recuperação no segundo semestre deste ano.