Emprego na indústria brasileira tem 6a queda mensal seguida

REUTERS

SÃO PAULO - O emprego na indústria brasileira caiu pelo sexto mês seguido em março, em 0,6% sobre fevereiro, e declinou 5% ante igual mês de 2008, a retração anual mais forte da série histórica iniciada em 2001.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No primeiro trimestre, o emprego industrial diminuiu 4%.

O IBGE acrescentou que o número de horas pagas caiu 0,9% em março sobre fevereiro e recuou 5,6% ano a ano.

A folha de pagamento real teve baixa de 2,5% na comparação mensal e de 2,2% na anual.