Vale confirma descoberta de hidrocarbonetos

SÃO PAULO, 11 de maio de 2009 - A Companhia Vale do Rio Doce (Vale) (VALE3; VALE5) informou hoje que sua primeira descoberta de hidrocarbonetos foi confirmada pelo teste de formação realizado no poço 1-REPF-3D-SPS, do prospecto Panoramix, perfurado em águas rasas no bloco BM-S-48, na Bacia de Santos, a 185 km da costa do Estado de São Paulo.

De acordo com o comunicado da empresa, o consórcio que detém a concessão do bloco é formado pela Vale, com participação de 12,5%; Repsol, a operadora do consórcio com 40%; Petrobras com 35%; e Woodside com 12,5%.

A Vale explica que a descoberta de Panoramix representa o primeiro caso de sucesso exploratório da companhia, que vem investindo em consórcios para exploração de gás natural nas bacias sedimentares brasileiras.

Conforme anunciado pela empresa operadora do consórcio, o teste realizado nos reservatórios do Santoniano Superior, encontrados entre 4.410 e 4.480 metros de profundidade, atingiu uma vazão de 378.600 m³ por dia de gás natural e de 1.570 barris por dia de condensado.

O poço ainda revelou a existência de gás em reservatórios do Santoniano Inferior e óleo em reservatórios do Campaniano Inferior. Novas atividades exploratórias deverão ser realizadas na área do prospecto Panoramix, de forma a avaliar a extensão e o volume dessas descobertas.

A atividade de exploração desenvolvida pela Vale está alinhada com a estratégia de diversificar e otimizar a matriz energética da empresa, utilizando carvão térmico, combustíveis renováveis e gás natural. O portfólio de exploração da Vale compõe-se atualmente de participações minoritárias em consórcios que detém 16 concessões nas bacias do Espírito Santo, Pará-Maranhão, Parnaíba e Santos.

(Redação - InvestNews)