Previsão para inflação sobe e do PIB cai

SÃO PAULO, 11 de maio de 2009 - A perspectiva do mercado financeiro para o desempenho da atividade ecônomica em 2009 voltou a piorar na semana passada, segundo o Boletim Focus divulgado hoje pelo Banco Central (BC). Os analistas decidiram elevar a previsão de retração do Produto Interno Bruto (PIB), que passou de -0,30% para -0,44%. Para 2010, a estimativa continua em alta de 3,5%.

O cenário para inflação também foi alterado. Agora, os profissionais acreditam que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) vai subir 4,36% neste ano, contra previsão de alta de 4,3% feita na semana anterior. Para 2010, a projeção caiu de 4,32% para 4,3%.

Já a estimativa para juros continua a mesma. Os analistas acreditam que a taxa básica de juros (Selic) vai terminar este ano em 9,25%. Na semana passada, o Comitê de Política Monetária (Copom) apresentou a ata da reunião de abril, quando foi decidido, por unanimidade, cortar a taxa em 1 ponto percentual (11,25% para 10,25%). Foi o terceiro corte consecutivo nos juros. De acordo com o documento, o BC pretende manter a política de flexibilização dos juros, o que leva o mercado a apostar em mais dois cortes de 0,5 ponto percentual até o final deste ano.

(Vanessa Stecanella - InvestNews)