País será auto-suficiente em fertilizante em 2019

SÃO PAULO, 5 de maio de 2009 - O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, voltou a afirmar que em 10 anos o Brasil deve alcançar a auto-suficiência em fertilizantes. "Somos vulneráveis aos preços externos e isso é estratégico para a agricultura", disse o ministro, durante o seminário Perspectivas para o Agribusiness em 2009 e 2010, em São Paulo.

Em relação aos fertilizantes nitrogenados, Stephanes conta que há trabalhos com a Petrobras e que em cinco anos o auto abastecimento é alcançado. Já nos fosfatados, o prazo é entre seis e oito anos. "Fizemos um levantamento das jazidas brasileiras. O Mato Grosso fosfato de Marrocas, mas possui as maiores jazidas do País."

O potássio é o que vai demandar mais tempo. Stephanes acredita que a auto-suficiência levará 10 anos. Segundo ele, é provável que haja potássio da faixa territorial que vai de Sergipe até o Espírito Santo. Já no município de Nova Olinda (AM), há a terceira maior mina de potássio do mundo, onde a canadense Falcon comprou parte da área da Petrobras. "A Falcon já tinha mapas da região desde 1974, porém nós não sabíamos."

(Sérgio Toledo - InvestNews)