Suzano Papel e Celulose fecha 1o tri com lucro 27,8% menor

REUTERS

SÃO PAULO - A Suzano Papel e Celulose anunciou nesta segunda-feira que encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 90 milhões, queda de 27,8% em relação ao mesmo período de 2008.

O resultado, porém, representa sensível reversão do prejuízo líquido de 495 milhões de sofrido no quarto trimestre do ano passado, quando a empresa sofreu forte impacto de variação cambial.

A empresa teve geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) de 316 milhões de reais, queda de 7,9% frente ao obtido nos primeiros três meses de 2008. A margem passou de 35,3 para 33,5%.

A Suzano Papel e Celulose teve receita líquida de R$ 943 milhões de reais, recuo de 2,8%.

Apesar disso, as vendas em volume de celulose cresceram 21 por cento no período, para 421 mil toneladas. Já as de papel caíram 13,9%, para 233 mil toneladas. Segundo a empresa, o volume de vendas dos dois produtos foi recorde para a companhia.

As ações da companhia avançavam 2,73%, às 10h42, enquanto o Ibovespa disparava mais de 3,5%.