Fiat quer assumir GM na Europa, diz ministro alemão

REUTERS

BERLIM - A Fiat planeja assumir o controle da General Motors na Europa sem incorrer em nova dívida, disse nesta segunda-feira o ministro da Economia da Alemanha, Karl-Theodor zu Guttenberg, após conversas com o presidente-executivo da montadora italiana.

Guttemberg disse que o presidente-executivo da Fiat, Sergio Marchionne, apresentou planos para a empresa se tornar a maior montadora da Europa.

O plano prevê fábricas de montagem final na Alemanha continuarão operacionais, mas trabalha também com fechamento de algumas unidades da GM na Europa.

- É uma iniciativa interessante, sem dúvida- disse Guttenberg a repórteres, mas disse que o plano precisa ser avaliado mais de perto.