Bank of America diz não ter planos de levantar US$10 bi

REUTERS

NOVA YORK - O Bank of America informou nesta segunda-feira que não tem planos de levantar 10 bilhões de dólares em ações ordinárias, conforme o jornal Financial Times havia publicado.

O maior banco dos Estados Unidos, que recebeu US$ 45 bilhões em ajuda do governo, é visto por analistas como um dos mais propensos a precisar de aumento de capital, após a divulgação na quinta-feira dos resultados de testes de estresse feitos pelo governo norte-americano.

O Financial Times informou nesta segunda-feira que, segundo dados preliminares, o Bank of America precisaria de mais de US$ 10 bilhões em capital, e que o banco estava empenhado em planos para levantar recursos novos.

- A reportagem do Financial Times está completamente incorreta. O Bank of America não recebeu um número final do Federal Reserve. O banco não está trabalhando em planos para levantar 10 bilhões de dólares em ações ordinárias - disse Scott Silvestri, um porta-voz da instituição financeira.

Citando pessoas próximas à situação, o jornal divulgou que o Citi, o Bank of America e pelo menos outras duas instituições financeiras tentarão nesta segunda-feira convencer o Tesouro e o Federal Reserve dos Estados Unidos de que os resultados dos 'testes de estresse' foram muito pessimistas.

- O Wells Fargo e o PNC Financial também estão entre os bancos que precisarão levantar mais capital, a não ser que consigam persuadir autoridades de que seus resultados foram satisfatórios- acrescentou o jornal.

Dezenove bancos norte-americanos se submeteram ao teste de estresse, que tem a intenção de checar se essas instituições têm capital suficiente para resistir à recessão. Os bancos receberam os resultados preliminares dos testes na semana passada. A divulgação oficial acontece na quinta-feira.

Analistas acreditam que o governo dirá que os 19 bancos estão solventes, mas algumas instituições precisarão levantar mais capital que outras para se protegerem caso a recessão piore.

O Citi e o Bank of America estão mais propensos a levantar uma quantia maior de capital, segundo analistas.

O Wall Street Journal divulgou anteriormente que o Citi pode precisar de até US$ 10 bilhões.

Às 11h22 (horário de Brasília), as ações do Bank of America subiam mais de 5,5%, cotadas a US$ 9,19 dólares. Enquanto isso, o índice Dow Jones avançava 2,21%.