Superávit primário do Brasil cai a R$ 11,61 bi em março

REUTERS

BRASÍLIA - O setor público consolidado brasileiro registrou superávit primário de R$ 11,614 bilhões em março, uma queda em relação ao superávit de R$ 15,403 bilhões registrado no mesmo período de 2008, informou o Banco Central nesta quinta-feira. Analistas projetavam superávit de R$ 10,4 bilhões no mês passado, segundo mediana das estimativas colhidas pela Reuters.

O vencimento de juros no mês passado somou R$ 14,103 bilhões e, com isso, o país teve déficit nominal de R$ 2,489 bilhões.

Em 12 meses encerrados em março, o superávit primário foi equivalente a 3,29% do Produto Interno Bruto (PIB), ante 3,43% do PIB em 12 meses até fevereiro.

O BC informou ainda que a dívida líquida total do setor público aumentou para 37,6% do PIB em março, frente a 37,1% do PIB em fevereiro.