Produção industrial sobe depois de 6 meses

SÃO PAULO, 30 de abril de 2009 - A produção industrial no Japão cresceu 1,6% em março na comparação com o mês anterior, mostrando a primeira alta em seis meses, revelou hoje o ministério da Economia, Comércio e Indústria, por meio de comunicado. Em relação ao ano anterior, entretanto, a queda chegou a 34,2%.

As principais indústrias que contribuíram com o resultado foram: Dispositivos e partes eletrônicas, Maquinaria geral e Maquinaria elétrica. Do lado das commodities, as que mais contribuíram foram: Peças e acessórios de turbinas a vapor, Grandes carros de passageiros e Semicondutores de metal óxido.

"As expectativas para a produção futura também foram positivas, o que poderá ser uma boa notícia caso as expectativas estiverem corretas. Os dados históricos sugerem um resultado horrível do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre no Japão", avalia a equipe do banco UBS, em nota.

De acordo com a Pesquisa de Projeções no setor Manufatureiro, a produção deve aumentar 4,3% em abril e 6,1% em maio. Em fevereiro, a produção industrial retraiu 9,4%.

(Gustavo Kahil - InvestNews)