Obama diz ter esperanças de que Chrysler seja viável

John Crawley, REUTERS

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quarta-feira, estar bastante esperançoso de que a Chrysler será novamente viável, mas ainda não estava claro se a montadora buscará a concordata para completar sua reestruturação.

Obama disse que concessões de funcionários e de grandes bancos 'prometem a possibilidade' da Chrysler poder completar sua aliança com a italiana Fiat.

- Os detalhes não foram finalizados ainda e não quero me precipitar, mas estou mais otimista do que estava sobre as possibilidades de isso ser feito - disse Obama.

Ele acrescentou que uma eventual concordata para completar a reestruturação da Chrysler seria rápida.