Lucro da Procter & Gamble cai 4% no 1º tri

SÃO PAULO, 30 de abril de 2009 - A Procter & Gamble anunciou hoje ter reportado lucro líquido de US$ 2,613 bilhões no primeiro trimestre de 2009, com queda de 4% ante o mesmo período de 2008, quando a companhia lucrou US$ 2,71 bilhões. A receita líquida no período totalizou US$ 18,4 bilhões, contra US$ 20 bilhões um ano antes, recuando 8%.

A margem bruta caiu 11% nos três primeiros meses do ano, passando de US$ 10,3 bilhões para US$ 9,25 bilhões em 2009. O lucro operacional foi de US$ 3,73 bilhões, ante US$ 4,01, com baixa de 7%.

Em nota, a companhia atribuiu as quedas ao fato de os consumidores estarem procurando produtos mais baratos para compra. Apesar dos recuos, o resultado foi considerado positivo. "Tivemos um bom retorno para um trimestre de difícil ambiente macroeconômico", considerou A.G. Lafley, chefe executivo da companhia.

Segundo ele, "no curto prazo, os focos da companhia são melhorar a produtividade e simplificar processos fazendo os investimentos necessários para crescimento da empresa". Lafley destacou ainda que está confiante no bom desempenho da companhia no longo prazo.

(CSU - InvestNews)