Desemprego sobe para 8,3% em março

SÃO PAULO, 30 de abril de 2009 - O desemprego no conjunto dos 27 países que compoem a União Europeia subiu para 8,3% em março, frente a 8,1% registrado em fevereiro. Na zona do euro, que contempla 16 nações, o desemprego também subiu de um mês para outro, passando de 8,7% em fevereiro para 8,9% em março.

Já em relação a 2008, a alta foi ainda maior. Na UE e na zona do euro o desemprego foi de 6,7% e 7,2% em março do ano passado, respectivamente. Os dados foram divulgado hoje pela Agência de Estatísticas da Europa, Eurostat.

O Eurostat estima que 20,154 millhões de pessoas na União Europeia e 14,158 milhões na zona do euro estavam desempregados em março de 2009. Em comparação com fevereiro, o número de desempregados aumentou em 626 mil na UE e 419 mil na na área do euro. Em comparação com março de 2008, o desemprego subiu de 4,061 milhões na UE e de 2,816 milhões na zona do euro.

Entre os países membros, as taxas mais elevadas de desemprego foram registradas na Espanha (17,4%), Letônia (16,1%) e Lituânia (15,5%).

(PD - InvestNews)