Recessão na Alemanha será pior que o previsto: -6% e não -2,25%

Agência AFP

BERLIM - O governo alemão prevê que a primeira economia europeia sofrerá este ano uma recessão de 6% de seu PIB, agravando sua projeção anterior de uma recessão de 2,25%, mas acredita que, em 2010, o país voltará a crescer 0,5%, indicou nesta quarta-feira o ministério da Economia.

Os ministros das Finanças, Peer Steinbruck, e da Economia, Karl-Theodor zu Gutenberg, já haviam avisado que essas previsões publicadas em janeiro sofreriam uma revisão em baixa.

- Esse agravamento da recessão se deve à forte queda da economia mundial e o consequente retrocesso em massa das exportações - explicou Gutenberg.

O desemprego aumentará em 2009 a um nível médio de 3,7 milhões de pssoas para chegar a 4,6 milhões em 2010, segundo o ministério.