Membros do FomC estão mais otimistas, diz Tendências

SÃO PAULO, 29 de abril de 2009 - A decisão de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (FomC), dos Estados Unidos, do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) não trouxe grandes novidades. No entanto, o órgão está um pouco mais otimista em relação a economia. A avaliação é de Filip Albert, economista da Tendências Consultoria.

Hoje, o Comitê decidiu manter a taxa básica de juros inalterada, atualmente fixada entre 0% e 0,25%, conforme o mercado já esperava.

"A manutenção da taxa não trouxe novidades porque a ferramenta está no seu limite. Mas nos documentos anteriores, eles estavam mais pessimistas em relação ao cenário macroeconômico, o que não foi percebido neste", acrescenta o economista.

Em comunicado, o Fed destacou que desde o último encontro, em março, as condições econômicas continuaram se deteriorando, porém em ritmo mais lento. "Ainda que ocorram novas contrações na economia norte-americana, a expectativa é que daqui para frente recue menos", considera Filip Albert.

Ainda segundo o economista da Tendências Consultoria, os mercados acionários reagiram bem com a divulgação do documento, no entanto, o que todos aguardavam era alguma novidade na parte de política monetária quantitativa, o que eles apenas reforçaram. "O mercado não viu isso como um mau sinal", finaliza.

(Déborah Costa - InvestNews)