Lula lamenta não participar de extração do pré-sal

SÃO PAULO, 29 de abril de 2009 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou hoje não poder participar da extração do primeiro petróleo da camada do pré-sal, que será realizada no Campo de Tupi, na Bacia de Santos, no dia 1º de maio (sexta-feira). A informação foi dada pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, após encontro com Lula.

A segurança de Lula desaconselhou a ida até a plataforma por causa das condições climáticas desfavoráveis no Rio de Janeiro. Para chegar ao local, Lula poderia ir de navio, em uma viagem de 14 horas, ou de helicóptero, o equivalente a duas horas de deslocamento.

´Ele [presidente Lula] está absolutamente frustrado, acabou de me dizer isso agora. Lastimou muito a determinação da segurança. O desejo dele era ir de qualquer maneira´, afirmou o ministro.

O presidente Lula participará apenas da cerimônia do Teste de Longa Duração (TLD) do Campo de Tupi, na Marina da Glória, marcada para as 17h de sexta-feira.

As informações são da Agência Brasil.

(Redação - InvestNews)