GM dá licença coletiva em 13 fábricas

SÃO PAULO, 29 de abril de 2009 - A montadora norte-americana General Motors anunciou nesta quarta-feira que dará licença coletiva aos funcionários de 13 fábricas na América do Norte, após decidir fechar as unidades por três meses.

"Trata-se de uma licença coletiva para nossos empregados, pelo período em que as fábricas ficarão fechadas", explicou Tom Wilkinson, porta-voz da GM.

A GM suspenderá sua produção nas 13 fábricas entre maio e julho, para reduzir seus estoques de veículos.

Em média, uma unidade da GM nos EUA emprega entre 100 e 200 funcionários. Durante a licença coletiva, os trabalhadores receberão 75% de seu salário.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)