Economia mexicana cairá entre 3,8% e 4,8% em 2009

Agência AFP

NOVA YORK - O Produto Interno Bruto (PIB) do México registrará em 2009 uma queda entre 3,8% e 4,8%, estimou nesta quarta-feira o Banco do México (central), que havia previsto, antes, uma contração máxima de 1,8%.

- A expectativa é a de que, em 2009, o PIB do México encolha entre 3,8% e 4,8% - anunciou o Banxico em informe distribuído à imprensa.

Para 2010, segundo o Banxico, a economia começará sua recuperação e o PIB mexicano "poderia se expandir entre 1,5% e 2,5%".

O informe desta quarta-feira não considera os prováveis danos que causará a economia mexicana a atual epidemia de gripe suína, que já registrou a morte de pelo menos sete pessoas e o fechamento de restaurantes, bares, museus, teatros, escolas e estádios de futebol.