Despejo sobe 22% em março em SP

SÃO PAULO, 29 de abril de 2009 - As ações de despejo por falta de pagamento subiram 22% de fevereiro para março de 2009 no Fórum da Capital. As ações, que incluem a denúncia vazia, tiveram alta 6%. Embora com pouco volume de registros no período, as consignatórias dispararam 290%. A alta das renovatórias de aluguel foi de 43,24%.

Hubert Gebara, diretor da empresa do Grupo Hubertda - responsável pela pesquisa - , acredita que os inquilinos podem estar sentindo os efeitos da crise e, por isso, atrasam os aluguéis.

Ele não descarta também a hipótese de uma demanda reprimida das ações de despejo em razão da interrupção de prazo até 8 de janeiro no Fórum e do pequeno número de dias úteis em fevereiro. A alta das ações de despejo por falta de pagamento em fevereiro já havia sido de 32,14% em relação a janeiro.

(Redação - InvestNews)