Reserva interncaionais cai para US$ 199 bi

SÃO PAULO, 24 de março de 2009 - As reservas internacionais no conceito de liquidez, que incluem as linhas com recompra e as operações de empréstimo em moedas estrangeiras, ficaram US$ 1,4 bilhão menor em fevereiro, frente ao apurado no mês anterior, somando US$ 199,4 bilhões. Os dados foram divulgados hoje pelo Banco Central (BC).

Ainda no período analisado, as intervenções da autoridade monetária resultaram em vendas líquidas de US$ 401 milhões, derivadas das seguintes operações, todas também em termos líquidos: vendas à vista de US$ 581 milhões no mercado doméstico de câmbio; compras de US$ 1,1 bilhão em linhas com compromisso de recompra; e vendas de US$ 911 milhões em operações de empréstimo em moedas estrangeiras. Adicionalmente, ocorreram receitas de US$ 441 milhões com a remuneração das reservas, enquanto as demais operações, que incluem variações de preço e de paridades, entre outras, reduziram o estoque em US$ 1,3 bilhão.

O estoque das operações de venda de moeda estrangeira com compromisso de recompra totalizou US$ 5,7 bilhões, enquanto o das operações de empréstimo em moedas estrangeiras, contra garantias, somou US$ 6,8 bilhões.

Em fevereiro, as reservas internacionais no conceito caixa recuaram US$ 1,2 bilhão, totalizando US$ 186,9 bilhões.

(Vanessa Stecanella - InvestNews)