Queda nos preços do minério de ferro é inevitável, diz Rio Tinto

SÃO PAULO, 24 de março de 2009 - A mineradora anglo-australiana Rio Tinto afirmou nesta terça-feira que uma queda nos preços do minério de ferro é inevitável, mas que pode chegar em valores aceitáveis na negociação com as siderúrgicas para as quais a companhia fornece matérias-primas.

A companhia negou também que o acordo com a estatal chinesa Chinalco afete a negociação dos preços. "Nós precisamos reconhecer que os fundamentos do mercado requerem um ajuste de preços para baixo", afirmou Sam Walsh, diretor da divisão de minério de ferro da Rio Tinto.

Ele negou, no entanto, que o corte possa chegar a 50%, conforme tem sido noticiado pela imprensa australiana. As três maiores mineradoras do mundo (Rio Tinto, BHP Billiton e Vale) estão renegociado os contratos de fornecimento com as principais siderúrgicas da Ásia.

(Redação - InvestNews)