Déficit em conta corrente cresce em janeiro

SÃO PAULO, 24 de março de 2009 - O déficit em conta corrente da zona euro cresceu em janeiro para US$ 17,1 bilhões, ante um déficit de US$ 10,3 bilhões, segundo dados preliminares difundidos hoje pelo Banco Central Europeu (BCE).

Em janeiro, fecharam no vermelho o intercâmbio de bens, transferências e depósitos, ao mesmo tempo em que apenas o intercâmbio de serviços registrou superávit.

Nas contas acumuladas dos últimos 12 meses, o déficit em conta corrente da zona do euro chega a US$ 100,1 bilhões, o que corresponde a 0,8% do Produto Interno Bruto (PIB) da região.

A saída líquida de capitais - investimentos estrangeiros diretos e em carteira - na zona do euro em janeiro ficou em US$ 30,9 bilhões. Em dezembro, a saída líquida de capitais foi de US$ 6,5 bilhões. Os dados de dezembro são revisados.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)