Conselho do FGTS aprova R$ 12 bi para plano de habitação

REUTERS

BRASÍLIA - O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, informou nesta terça-feira que o Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aprovou a destinação de R$ 4 bilhões do fundo para o plano de habitação do governo federal em 2009. No total, o conselho aprovou R$ 12 bilhões para o plano. A idéia é que os R$ 8 bilhões remanescentes sejam liberados em 2010.

Os recursos serão utilizados para financiar a compra de imóveis por famílias com renda superior a três salários mínimos. Para as famílias com renda mensal de zero a três salários mínimos, a compra será totalmente subsidiada com recursos do Tesouro Nacional.

Lupi descartou a possibilidade de que esses repasses abalem a saúde financeira do FGTS.

- O FGTS tem saúde financeira forte e continuará com essa saúde financeira forte - disse.