Banco da China faz empréstimo para explorar minas

SÃO PAULO, 24 de março de 2009 - O Banco da China (BCh), controlado pelo governo, concedeu um empréstimo de 650 milhões de iuanes (US$ 95,17 milhões) para uma companhia local para explorar minas de vários metais na Região Autônoma do Tibet, informou hoje a instituição financeira.

A mineradora Huatailong, com sede na capital tibetana Lhasa, utilizará o dinheiro para desenvolver minas de vários tipos de metais. O montante será o maior já aplicado ao Tibet.

A Huatailong é subsidiária da Corporação Grupo de Ouro Nacional da China, uma companhia estatal em grande escala e única empresa local com presença no Conselho Mundial de Ouro.

De acordo com estatísticas, o escritório do BCh no Tibet emitiu mais de 4 bilhões de iuanes em créditos desde 2008 para apoiar projetos em minas tibetanas, como a ferrovia Qinghai-Tibet que une Xining e Golmud.

(Redação - InvestNews)