VCP projeta alta de 7% nas vendas de celulose

SÃO PAULO, 23 de março de 2009 - A Votorantim Celulose e Papel (VCP) informa em seu relatório com as principais tendências que nortearão os resultados trimestrais e anuais futuros que, a despeito do cenário de redução de demanda, a empresa acredita que deva atingir um volume de vendas de 330 mil toneladas de celulose no primeiro trimestre de 2009, 7% acima do primeiro trimestre de 2008.

"Aliando a boa performance comercial com a redução no ritmo de produção de celulose na unidade de Jacareí, os estoques na VCP no final do primeiro trimestre de 2009 deverão estar em níveis considerados normais", mostrou o relatório.

Segundo a VCP, a expectativa para o ano de 2009 é de 1,8 milhão de toneladas, já contando com aproximadamente 600 mil toneladas do Projeto Horizonte que inicia suas operações em 30 de março, um mês antes do previsto. O cash cost no primeiro trimestre de 2009 deve ficar em torno de R$ 520 por tonelada.

Para tanto, em dezembro de 2008, os embarques de celulose para a China totalizaram 1,3 milhões de toneladas, 100% acima da média dos quatro meses anteriores. No mês de janeiro deste ano, o mesmo volume foi de 917 mil toneladas, 30% acima de janeiro de 2008 e 43% acima da média de agosto a novembro de 2008.

De acordo com o comunicado da empresa, os embarques provenientes da América Latina dobraram, o que fez com que a região ocupasse a posição de principal fornecedor de celulose para a China no mês, consequência do gradual processo de substituição de fibras. "Apesar das estatísticas positivas, ainda não houve retomada de preço na Ásia, onde a celulose deve encerrar o primeiro trimestre de 2009 negociada a US$ 400 por tonelada, líquido de descontos", avaliou a VCP.

A companhia explica que a maior concentração de estoques dos produtores atualmente se encontra na Europa, onde houve importante redução na demanda de papel. Em contrapartida, dados de fevereiro indicam uma redução de 8% nos estoques dos compradores, para 856 mil toneladas (23 dias), 200 mil abaixo de fevereiro de 2007 e o nível mais baixo desde 1996.

Na Europa, o preço lista de celulose de fibra curta está negociado em torno de US$ 510 por tonelada, equivalente ao nível de custos dos produtores mais competitivos. "Uma possível recuperação de preços será conseqüência da redução do excesso de estoques, havendo necessidades de ajustes de oferta", afirmou no documento. De outubro de 2008 a abril de 2009, aproximadamente 3 milhões de toneladas de celulose de mercado deixarão de ser produzidas, de acordo com anúncios recentes. Nos Estados Unidos, o preço lista de celulose de eucalipto está sendo negociado em torno de US$610 por tonelada.

(Redação - InvestNews)