Tuberculose no Brasil cai 24,4% em sete anos

SÃO PAULO, 23 de março de 2009 - O índice de tuberculosos no Brasil caiu 24,4% em sete anos e o de mortes diminuiu em 31% em igual período. Os dados, com números de 2007, estão no relatório do Ministério da Saúde no balanço, a ser divulgado amanhã - Dia Mundial de Combate à Tuberculose - durante o 3º Fórum de Parceiros Stop TB, evento internacional que acontece no Rio de Janeiro, até 25 de março.

Segundo o documento, no último ano, foram registrados 72 mil novos casos, com uma média nacional de 38,2 casos por 100 mil habitantes. O levantamento também aponta 4,5 mil mortes em decorrência da doença.

No Brasil, 70% dos casos estão concentrados em 315 dos 5.565 municípios. As maiores incidências estão nos estados do Rio de Janeiro (73,27 por 100 mil), Amazonas (67,60), Pernambuco (47,79), Pará (45,69) e Ceará (42,12). A região Centro-Oeste é a que apresenta a menor taxa do país - em Goiás, são 9,57 por 100 mil habitantes. No Distrito Federal, 12,09 por 100 mil.

Entre os homens, a incidência é o dobro do que entre as mulheres, cerca de 50 por 100 mil.

As populações mais vulneráveis são as indígenas (incidência quatro vezes maior do que a média nacional); portadores de HIV (30 vezes maior); presidiários (40 vezes maior); e moradores de rua (60 vezes maior). No entanto, há ocorrências em todos os segmentos da sociedade, independente da renda ou da escolaridade.

(Redação - InvestNews)