Com otimismo nos EUA, Bovespa tem maior alta desde janeiro

REUTERS

SÃO PAULO - A reação positiva de Wall Street ao detalhamento do plano do governo americano para limpar os balanços de bancos atingidos pela crise refletiu na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). O Ibovespa disparou 5,89% e alcançou os 42.438 pontos, melhor desempenho diário desde 2 de janeiro, quando o índice subiu 7,17%. O giro financeiro da sessão somou R$ 4,77 bilhões.

Com a forte alta dessa sexta-feira, o índice já acumula ganho de 12,98% no ano e 11,08% no mês. Em Wall Street, os principais índices acionários subiram cerca de 6%.

- O investidor gostou de ter sabido detalhes do plano para bancos - resumiu Ernesto Leme, diretor da Claritas Wealth Management, referindo-se às explicações do secretário do Tesouro americano, Timothy Geithner.

Pela manhã, Geithner detalhou os termos do plano para limpar os balanços de grandes bancos, envenenados com os chamados ativos tóxicos. O plano consiste em parcerias público-privadas, com as quais o governo espera atrair investidores privados.

De saída, o Tesouro vai colocar até US$ 100 bilhões - valor que, somado ao capital privado, pode alcançar US$ 1 trilhão.

Foi o suficiente para tirar da defensiva vários investidores, que correram a comprar ações de bancos e de empresas de energia, setores que conduziram uma disparada de 6% a 7% dos principais índices de Wall Street.

O mercado celebrou ainda a divulgação de um dado mostrando que a venda de moradias usadas nos Estados Unidos aumentou 5,1% em fevereiro, a maior alta desde julho de 2003.

A bolsa paulista partilhou desse otimismo, em meio ao ingresso de recursos de estrangeiros, os mesmos investidores que já injetaram R$ 550 milhões em ações de empresas domésticas nos primeiros 17 dias de março.

Antevendo o restabelecimento do crédito no plano internacional, os investidores também buscaram papéis de instituições financeiras domésticas. Um dos líderes de ganhos foi Itaú, saltando de 9,6%, a R$ 26,75.

O banco anunciou nesta tarde que exerceu opção de compra de 3,6% das ações da Redecard, o que lhe deu o controle majoritário da companhia.

Em linha com o mercado global de commodities, que também teve um dia de fortes altas, as blue chips domésticas ajudaram a levantar o índice. Petrobras saltou 6,05%, para R$ 30,86. Vale subiu 4,8%, a R$ 28,40.

Na contramão restou Gol, que desabou 7,05%, a R$ 7,25. A companhia divulgou na madrugada de sábado que teve prejuízo de R$ 687 milhões no último trimestre de 2008, elevando a perda do ano a R$ 1,4 bilhão. E anunciou também um aumento de capital de R$ 203,5 milhões.