Executivos da AIG começam a devolver bônus milionários

Portal Terra

WASHINGTON - A American International Group (AIG) informou que alguns de seus executivos começaram a devolver todo ou parte dos US$ 165 milhões que foram distribuídos pela seguradora americana. No ano passado, a empresa recebeu US$ 170 bilhões do governo dos Estados Unidos para evitar a falência mas, apesar das dificuldades, gratificou 73 funcionários com bônus milionários.

A bonificação gerou protestos de parlamentares e até do presidente Barack Obama, que pediu para o Tesouro estudar medidas legais de impedir os pagamentos. Em carta de opinião publicada no jornal The Washington Post, o presidente da AIG, Edward Liddy, disse que a indignação é 'compreensível', e admitiu que foram cometidos erros na AIG em uma escala que poucos teriam imaginado.

Pressionado para explicar por que foi necessário pagar os US$ 165 milhões aos executivos, Liddy disse que o departamento de produtos financeiros tinha US$ 1,6 bilhão aplicados em investimentos de risco e que precisava de funcionários experimentados para resolver a situação.