Cresce índice entre consumidores de maior renda

SÃO PAULO, 19 de março de 2009 - Os consumidores de alta renda tiveram destaque no crescimento da inadimplência entre janeiro e fevereiro em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo levantamento de inadimplentes realizada pela TeleCheque, empresa especializada na concessão de crédito no varejo.

Segundo a pesquisa, a maioria dos inadimplentes tem idade entre 31 e 40 anos (34,06%), é casado (48,39%), concluiu o ensino médio (45,50%) e o principal produto de consumo foi o vestuário. Para completar a renda ficou concentrada entre os consumidores que ganham acima de R$ 2.075,00 (18,86%), porém o perfil do inadimplente que teve maior crescimento (182,89%) foi o dos consumidores com rendimento superior a R$ 2.491,00.

"Nossa avaliação é que os consumidores que mais fazem usam das linhas de crédito disponibilizadas pelo mercado financeiro (cartões de crédito, cheque especial, empréstimos pré-aprovados etc) têm sentido as reduções de prazo e o aumento das taxas, levando os mesmos ao não cumprimento das obrigações assumidas. Outro fator agravante é a expectativa de desemprego que vem afetando este perfil de consumidor", conta José Antonio Praxedes Neto, vice-presidente da TeleCheque.

O levantamento revela ainda que a maior parte dos inadimplentes são mulheres (56,69%), e tem idade entre 31 e 40 anos. "Esse perfil não deve mudar tão cedo, uma vez que as mulheres estão conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho e em muitas vezes assumem o papel de chefe de família. Assim, tendem a usar o salário em compras variadas ou, em outras circunstâncias, para arcar com as despesas da casa e com ela própria", finaliza Praxedes.

(VS - InvestNews)