Sistema Financeiro abre credor em R$ 116 bilhões

SÃO PAULO, 18 de março de 2009 - O Sistema Financeiro Nacional (SFN) abriu credor em R$ 116 bilhões e o Banco Central (BC) deve atuar para equilibrar o mercado. Há entrada de R$ 88,7 bilhões no caixa dos bancos do leilão informal (go-around) realizado ontem pelo BC, R$ 60 milhões de ajuste de derivativos e mais R$ 23,4 bilhões de vencimento de Letras Financeiras do Tesouro (LFT).

Em contrapartida, estão saindo do sistema R$ 633 milhões da liquidação de Notas do Tesouro Nacional série B (NTN-B). A previsão para o pagamento de tributos federais é de R$ 390 milhões.

No mercado à vista, as primeiras ofertas de recursos de juros indicam taxa anual de 11,16%, ou 0,97% de taxa efetiva. Hoje, o Tesouro Nacional realiza a segunda etapa do leilão de Notas do Tesouro Nacional série B (NTN-B) e troca de Letras do Tesouro Nacional (LTN).

(Maria de Lourdes Chagas - InvestNews)