Petróleo nos EUA cai com aumento nos estoques

REUTERS

NOVA YORK - Os futuros do petróleo nos Estados Unidos fecharam em queda nesta quarta-feira, influenciados por dados sobre estoques elevados. Mas recuperaram as perdas e subiram nos negócios pós fechamento quando o Federal Reserve disse estar planejando a compra de uma grande quantidade de títulos do governo a longo prazo, provocando forte queda do dólar.

Mais cedo, os futuros da commodity caíram US$ 2 após dados do governo norte-americano indicarem aumento maior do que o esperado nos estoques de petróleo nos EUA, na semana passada.

- Os números (sobre estoques) foram muito baixistas. É um aumento na gasolina que foi dramaticamente negativo para os preços, pois o mercado estava esperando por uma queda - disse Tim Evans, analista da Citi Futures Perspective em Nova York.

O Federal Reserve, numa decisão surpreendente, disse que comprará até US$ 300 bilhões em títulos do governo a longo prazo pelos próximos seis meses e expandir as compras de dívisas lastreadas em hipotecas para ajudar na recuperação das condições do mercado de crédito.

O anúncio do FED levou a uma forte de queda do dólar, que atingiu o menor nível em dois meses contra o euro.

Na Nymex, o petróleo para entrega em abril caiu US$ 1,02, a US$ 48,14 o barril. O contrato de abril expira na sexta-feira.

A Agência de Informação de Energia (AIE) dos Estados Unidos disse que os estoques de petróleo subiram 2 milhões de barris, para 353,3 milhões de barris, na semana encerrada em 13 de março, o maior nível desde junho de 2007.

Em Londres, o petróleo Brent para entrega em maio caiu US$ 0,58, ou 1,2%, a US$ 47,66.