Bolsa discute padrão de operação com AL

SÃO PAULO, 18 de março de 2009 - Pensando no alinhamento de operações com bolsas da América Latina, a BM&FBovespa vai se reunir nesta tarde com a Câmara de Revisão dos Níveis de Governança Corporativa. O objetivo do encontro é discutir os padrões que cada bolsa adota.

"Vemos uma grande oportunidade de implantar nossos serviços em bolsas de valores na América Latina", afirmou Edemir Pinto, diretor presidente da BM&FBovespa.

No final do ano passado, representantes da BM&FBovespa visitaram alguns países da América Latina para fazer um diagnóstico local e identificar as oportunidades de negócios. Com isso, a empresa vai apresentar uma proposta personalizada para cada país, uma vez que cada um está estruturado de uma forma. Os países visitados foram Chile, Peru, Argentina, México e Colômbia.

O processo agora está em fase de elaboração de proposta personalizada. O objetivo é oferecer serviços da companhia para o desenvolvimento do mercado local e know how, entre elas a plataforma de negociação e depositária. A proposta deverá chegar nos países até o final do primeiro semestre.

"Este é um passo importante em um projeto que temos de tranformar São Paulo em um Centro Financeiro Global, mas isso para longo prazo", acrescenta Edemir Pinto.

(Vanessa Correia e Déborah Costa - InvestNews)