Mesmo após bônus milionário, 11 executivos deixam AIG

Agência AFP

NOVA YORK - Onze executivos deixaram a gigante dos seguros americana AIG apesar dos bônus recebidos para ficar, que chegaram a US$ 42 milhões pagos a dez desses dirigentes, disse nesta terça-feira o secretário de Justiça e Procurador-Geral do Estado de Nova York, Andrew Cuomo.

- Onze dos indivíduos que receberam bônus de US$ 1 milhão ou mais não estão mais trabalhando na AIG, inclusive um que recebeu US$ 4,6 milhões - disse Cuomo em carta escrita a Barney Frank, líder da comissão de finanças da Câmara de Representantes.