Lehman coloca duas unidades bancárias à venda

Paritosh Bansal e Emily Chasan, REUTERS

NOVA YORK - O Lehman Brothers está iniciando o leilão de uma caixa de poupança e de um banco industrial de sua propriedade, disse nesta segunda-feira uma fonte familiarizada com o processo.

A venda do Lehman Brothers Bank FSB, uma caixa de poupança com sede em Delaware, e do Woodlands Commercial Bank, um banco industrial de Utah, está sendo conduzida pelo banco de investimentos Lazard Ltd., segundo a fonte, que pediu anonimato porque o processo de venda não é público.

O processo ainda terá de ser submetido ao tribunal de falências que acompanha o caso do Lehman.

Uma porta-voz do Lehman disse que a empresa está vendendo todos os seus ativos como parte da falência e consequente redução das atividades.

- Estamos buscando realizar valor onde quer que consigamos - disse a porta-voz Kimberly Macleod. - Vamos segurar até que alguém apareça com o valor justo e o comitê de credores aprove.

O Lazard recusou-se a comentar.

No mês passado, um juiz de falências autorizou o Lehman a injetar capital nos dois bancos para evitar seu arresto pelas autoridades. O FSB teve papel central nas atividades hipotecárias do Lehman, que informou um patrimônio total do banco de US$ 6,5 bilhões ao final de 2008.

O Woodlands faz empréstimos comerciais e imobiliários para grandes empresas, entre outras operações, e não tem clientes de varejo. Em 31 de dezembro, seu patrimônio era de US$ 5,4 bilhões.

O Lehman, que já foi o quarto maior banco de investimentos dos Estados Unidos protagonizou em setembro o maior pedido de proteção contra falências do setor bancário da história norte-americana.