EUA e Petrobras levam Bovespa ao maior nível em 1 mês

Portal Terra

SÃO PAULO - Na cola do otimismo de Wall Street com dados do setor imobiliário dos Estados Unidos e de uma virada das ações da Petrobras, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a terça-feira no melhor nível em quase um mês. O Ibovespa subiu 2,34%, para 39.510 pontos, a maior pontuação desde 19 de fevereiro. O volume financeiro de negócios foi de apenas R$ 3,27 bilhões.

O principal índice da bolsa paulista refletiu, em parte, o vigor dos indicadores de Wall Street, que também alçaram o maior patamar em quatro semanas após a divulgação de que a construção de novas moradias nos EUA teve em fevereiro o maior crescimento em quase três décadas.

No final da tarde, ações de empresas de commodities, cuja queda manteve o Ibovespa no vermelho na maior parte do dia, passaram a subir. Petrobras, após a forte alta da cotação do barril do petróleo e a notícia de que a companhia bateu recorde de produção no Brasil em fevereiro, subiu 2,65%, para R$ 27,91.

Votorantim Celulose e Papel (VCP), Lojas Renner, Aracruz e Natura registraram os maiores ganhos. Perdigão e Sadia também tiveram valorização, após confirmação de que as duas empresas avaliam a possibilidade de fusão.

Com informações da Reuters.