Construção de moradias nos EUA saltam 22,2% em fevereiro

REUTERS

WASHINGTON - A construção de novas moradias nos Estados Unidos surpreendeu e recuperou-se em fevereiro, avançando 22,2 por cento, segundo dados desta terça-feira que proporcionaram uma rara dose de boas notícias para a economia em recessão e o mercado imobiliário debilitado.

O Departamento de Comércio informou que o salto que levou as novas construções à taxa anualizada ajustado sazonalmente de 583 mil unidades foi o maior desde janeiro de 1990.

Esse também foi o primeiro avanço desde abril do ano passado, quando houve uma alta de 1,6 por cento. A taxa de construção de novas moradias de janeiro foi revisada para 477 mil, informou o departamento.

Analistas consultados pela Reuters previam uma taxa anualizada de 450 mil unidades em fevereiro.