Alimentos seguem em alta e IPC-S acelera a 0,37%

REUTERS

SÃO PAULO - A inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou ligeiramente, refletindo a continuidade da recuperação dos custos de alimentos.

A taxa foi de 0,37 por cento na segunda prévia de março, ante 0,35 por cento na primeira, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

- Dos sete grupos componentes do índice, quatro apresentaram acréscimos em suas taxas de variação- disse a FGV em nota.

Os preços de Alimentação subiram 0,37 por cento nesta leitura, ante avanço de 0,24 por cento na anterior. Os custos desse item vinham caindo até fevereiro, mas no início deste mês começaram a reverter essa tendência.

Os preços de Vestuário continuaram desacelerando a queda, para 0,20 por cento na segunda prévia de março, ante baixa de 0,27 por cento na primeira.

Entre os itens individuais, as maiores contribuições de alta vieram de manga, mamão papaia, aluguel residencial, açúcar refinado e alface.