Copom inicia nesta terça-feira reunião para decidir nova taxa de juro

Portal Terra

SÃO PAULO - Começa nesta terça-feira a segunda reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do ano, que ocorre cercada de expectativa por uma possível manutenção da tendência de queda na taxa básica de juros (Selic), que está em 12,75% ao ano.

No último encontro do colegiado de diretores do Banco Central (BC), o comitê decidiu pelo corte de 1 ponto percentual, tendo em vista a forte desaceleração da atividade econômica no País e a ausência de repasse da depreciação do câmbio para a inflação.

A decisão pela redução mais agressiva desde 2003 foi tomada por cinco votos a favor e três contra. Os três dissidentes defenderam uma redução menos acentuada, de 0,75 ponto percentual.

Pesquisa feita pela Reuters na última semana apontou que 25 de 30 analistas de mercado esperavam uma nova redução de 1 ponto percentual da Selic, para 11,75% ao ano, nesta reunião. Três dos consultados projetavam corte de 0,75 ponto, um estimava 1,25 ponto e um previa 1,5 ponto.

Na sexta-feira, com a divulgação de que o desempenho da indústria brasileira foi bem pior que o esperado em fevereiro, alguns bancos chegaram a cogitar um corte de até 2 pontos percentuais.

Na segunda-feira, a deflação medida pelo IGP-DI incentivou a queda das projeções de juros. Segundo o último Boletim Focus do BC, analistas acreditam que a Selic chegará ao final do ano em 10,25%.

O Copom deve anunciar sua decisão no início da noite de quarta-feira, quando terminar a segunda parte da reunião, que começa sempre depois das 15h.