Merck e Schering-Plough anunciam fusão

SÃO PAULO, 9 de março de 2009 - Os conselhos de administração dos grupos farmacêuticos norte-americanos Merck y Schering-Plough anunciaram nesta segunda-feira a conclusão de um acordo para uma fusão, numa transação que envolve troca de ações e pagamento em dinheiro, num total de US$ 41,1 bilhões.

A nova empresa terá o nome de Merck ao fim da transação, que foi aprovada por unanimidade pelos conselhos de administração das duas gigantes, segundo um comunicado conjunto.

O acordo determina que os acionistas da Schering-Plough receberão US$ 0,5767 ação e US$ 10,50 em pagamento por cada ação da Schering-Plough.

Cada ação da Merck se transformará automaticamente em uma ação da empresa combinada, da qual os atuais acionistas da Merck terão 68% e os da Schering-Plough 32%.

Após a fusão das duas gigantes, cujo volume de negócios combinado chegou a US$ 47 bilhões em 2008, a Merck espera economizar custos depois de 2011 da ordem aproximada de US$ 3,5 bilhões anuais.

"Damos nascimento a um sólido líder mundial no setor do atendimento da saúde, destinado a ter êxito e a gerar um crescimento duradouro", afirmou o presidente da Merck, Richard Clark.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)