Mercado reduz estimativa para inflação em 2009

SÃO PAULO, 9 de março de 2009 - O mercado financeiro voltou a reduzir as previsões para inflação neste ano, de acordo com o Boletim Focus elaborado em 6 março pelo Banco Central (BC). Apesar disso, a projeção ainda continua acima do centro da meta, fixada em 4,5% pelo governo central. De acordo com o relatório, a estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ao final deste ano caiu de 4,66% para 4,57%. Para 2010, a expectativa se manteve em 4,5% - a projeção é a mesma há 40 semanas. A perspectiva para o IPCA acumulado em 12 meses caiu de 4,58% para 4,45%.

Já a projeção para o Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) recuou de 4,5% para 4,16% neste ano, enquanto o Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M) passou de 3,99% para 3,79%. A expectativa para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe/USP), que mede a inflação na capital paulista, caiu de 4,5% para 4,36%. Para 2010, a expectativa para todos os indicadores é de inflação de 4,5%.

A projeção para os preços administrados - as tarifas públicas - também caiu, passando de 4,85% para 4,7% em 2009; mas permanece em 4,5% em 2010.

(Vanessa Stecanella - InvestNews)